domingo, 9 de janeiro de 2011

Mulheres: o poder é nosso



Pesquisando sobre Círculos de Mulheres mundo afora, descobri diversas iniciativas de correntes inúmeras, mas com o firme propósito de resgatar, valorizar e propagar o poder do nosso sagrado feminino. Não se trata de segregação ou feminismo (no sentido comum), mas justamente de integrar nossa inteligência sutil e nossos conhecimentos ancestrais, registrados em cada célula, em nosso DNA, em nosso espírito e subconsciente.
Vivemos um tempo de integração, colaboração, criatividade e transformação, qualidades femininas, mas presentes em todos os seres. Libertamos nosso sagrado feminino através do auto-respeito, valorização de nossos conhecimentos ancestrais, reconhecimento de nosso potencial gerador de vida, encorajando nosso corpo a parir naturalmente, praticando o amor próprio e a gentileza para com todos os seres... Assim entraremos em contato com esse potencial divino capaz de transmutar e nos elevar a outro nível de percepção e consciência, tornando tudo possível... Tudo aquilo que nosso coração sentir!

A seguir, transcrevo e traduzo as palavras de Maria Quiñelén, Mulher Medicina da Tradição Mapuche*:

"Os círculos de mulheres ancestrais buscam compartilhar o conhecimento e a força das mulheres da Terra, a sabedoria dae nossas sábias avós que, apesar das dificuldades e da desintegração do mundo, nunca deixaram de ser mulheres e se mantiveram fiéis a sabedoria de sua tradição. Através desses encontros, podem transmitir suas experiências para outras mulheres, indígenas e não-indígenas.
Nós mulheres, em primeira instância, é que temos desenvolvido o conhecimento neste país e em nossas culturas nativas. São as mulheres que educam os homens, seus filhos, seus netos. A mulher é a primeira escola, a primeira educação que se recebe provém da mãe. A mulher está consciente dos mistérios da criação, ela conhece o mistério da origem da vida, porque ela própria dá vida através da concepção. Se a mulher está saudável (em todos os níveis), pode formar uma família e uma comunidade saudável. Portanto, a mulher tem de se reconstruir de modo a ter uma sociedade mais justa, equilibrada, sensata e harmoniosa ".
Maria Quiñelén. Lawentuchefe (Mulher Medicina Mapuche), Piñeñelchefe (parteira), Condutora de Círculo de Cura do Feminino em  Santiago/Chile.
* Retirado do blog http://circulodelasmujeres.blogspot.com/ e originalmente publicado em 18/04/2008.

Em diversas localidades do Brasil (inclusive aqui em Ctba), nós mulheres nos reunimos em círculos de cura e resgate do sagrado feminino, concentrando e irradiando a poderosa energia feminina, capaz de transformar a nós mesmas, a nossas irmãs-amigas, famílias, enfim, todas as nossas relações. EU ME CURO QUANDO CURO A OUTRA. Mais informações sobre os Círculos em http://circulosagradodevisoesfemininas.blogspot.com/

"MUJERES: SANAD A LAS MUJERES, ENTONCES PODRÁN SANAR A SUS HOMBRES Y JUNTOS PODRÁN SANAR A LA TIERRA..."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog se alimenta de comentários! Deixe o seu, eu agradeço!

Biografia

2008 - Conclui a faculdade de Naturoterapia - Enfase em Terapias Orientais; aperfeiçoamentos em Auriculoterapia e Acupuntura Abdominal (UNIBEM-PR) e o Programa Internacional de Educação de Florais de Bach (Instituto Dr Edward Bach). Neste mesmo ano, pude desenvolver as habilidades em Fitoterapia trabalhando na Chá & Arte Ervanário, além projetos paralelos de Massoterapia e Florais.

2009 - Animei oficinas de Shantala e Reflexologia no Espaço Aoba (Curitiba/PR), onde estive até o encerramento das atividades. Fundei a marca e a loja virtual Aho Ervas.

2010 - Participei do Workshop “Nascimento: da fisiologia à prática”, com o obstetra francês Michel Odent e do Encontro "Toda gravidez é sinal de saúde" com a parteira holandesa Mary Zwart. Neste ano, trouxe ao mundo meu 2o filho, num lindo e transformador parto domiciliar.

2011 - Em passagem por Buenos Aires, tornei-me mestra em Magnified Healing. De volta a Curitiba, participei da 1a turma de Formação Profissional em Parto Ativo com Janet Balaskas no Brasil, um privilégio e grande honra, visto que Janet é precursora do Parto Ativo, autora do livro homônimo e fundadora do Active Birth. Iniciei meus estudos em Aromatologia Aplicada à Saúde com Fabian Laszlo. Retornando a Buenos Aires, conheci Alimentação Viva, participando de oficinas com a mestra internacional Gae Arlia.

2012 - Mudei-me para Natal/RN e passei a coordenar as atividades da Casa Aho; conclui a Capacitação em Atenção ao Parto Domiciliar (Recife-PE), curso pioneiro no Brasil.

2013 - Conclui a Formação em Constelação Familiar com Efu Nyaki.

2014 - Tornei-me parte do corpo docente da Capacitação em Parteria Urbana (Cefapp/PE) e da Formação de Doulas Comunitárias (Natal/RN). Fiz curso de Aperfeiçoamento em Yoga para Gestantes.

2015 - Conclui a Formação Profissional em Aromaterapia pela Terra Flor. Iniciei o ciclo de encontros de gestantes da Casa Kids.

2016 - Retomei a Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN e iniciei a Pós-Graduação em Terapia Vibracional Quântica.

Entre em contato pelo email nicnunes@gmail.com e conheça meu trabalho.